segunda-feira, 4 de outubro de 2010

10 motivos para ir ao Parque Lage






Parque fica no Jardim Botânico, zona sul do Rio de Janeiro, e é um recanto de paz na Cidade Maravilhosa.



No coração do Jardim Botânico, zona sul do Rio de Janeiro, fica o Parque Lage (Rua Jardim Botânico, 414), um lugar lindo e cheio de histórias. Aos pés do morro do Corcovado, ele serviu de cenário para alguns filmes muito importantes da história do cinema brasileiro e em 1992 foi considerado Reserva da Biosfera pela UNESCO.

Um dia no Parque Lage é certeza de diversão. E o melhor: o parque atrai pessoas de todas as idades, por causa das suas variadas atrações. A tranquilidade chama para um passeio em família, para uma manhã romântica ou para um encontro com os amigos.

Listamos dez motivos para você se deixar encantar por esse cenário deslumbrante, um dos recantos de paz na Cidade Maravilhosa.

1) Ficar perto da natureza

O Parque Lage fica aos pés do morro do Corcovado e tem paisagens belíssimas. É calmo, silencioso, cheio de verde. Uma manhã ou uma tarde ali deixará você revigorado para encarar o que for. Afinal, são 348 mil metros quadrados de floresta nativa da Mata Atlântica à sua disposição, com lagos, grutas e jardins.

2) Fazer uma trilha em plena cidade

Dentro do Parque Lage há uma trilha que liga ao Corcovado, onde fica a estátua do Cristo Redentor (que dá para ser vista de lá, aliás). A trilha é de grau de dificuldade alta e exige esforço físico, não sendo recomendada para iniciantes. Em cerca de duas horas e meia de subida, os aventureiros subirão cerca de 600 metros. O esforço é compensado com uma vista maravilhosa. O topo da trilha é nos trilhos da Estação Ferroviária do Corcovado. Dali são mais trinta minutos de subida até o topo do morro. Depois há um descanso para lanche e fotos na estátua do Cristo.

3) Tomar um delicioso café da manhã

Dentro do belo casarão que abriga a Escola de Artes Visuais do Parque Lage fica o Café du Lage. Charmoso e aconchegante, ele disponibiliza suas mesas nos corredores que cercam a famosa piscina do casarão. Em algumas mesinhas, à beira da piscina, as pessoas sentam sobre almofadas que ficam no chão. Ali é possível tomar um delicioso café da manhã nos finais de semana, sempre ao som de boa música. No menu estão pães artesanais, geléias caseiras, frutas frescas, queijo minas, café, chocolate e suco natural. É também servido brunch e almoço. O café fica aberto de segunda a quinta, das 9 às 22h30, e de sexta a domingo, das 9 às 17h30.

4) Sentir-se em um cenário de filme

O Parque Lage já serviu de cenário para muitas cenas. Uma das festas da minissérie global “JK” foi gravada lá. A famosa cena da piscina de “Macunaíma, o Herói sem Nenhum Caráter”, com Grande Otelo, foi filmada lá na piscina do casarão do parque. Glauber Rocha escolheu o Parque Lage para ser cenário de “Terra em Transe”, uma de suas obras-primas. Anos mais tarde, o cineasta foi velado lá.

5) Visitar o belo aquário

No Parque Lage, uma gruta se transformou em aquário. Em pequenos aquários montados em suas paredes, vivem vários peixes. Os visitantes entram na gruta e dão uma volta por ele, vendo os peixes e lendo a respeito deles.

6) Fazer um pouco de arte

Dentro do Parque Lage está a Escola de Artes Visuais do Parque Lage, fundada em 1975. Ela funciona como escola aberta e sempre se propôs a debater as principais questões da arte atual.

7) Tirar belas fotografias

Se tem uma coisa que dá para fazer no Parque Lage é posar para fotografias. O lugar é cheio de belos cantinhos para fazer pose. O lugar favorito dos visitantes são as escadarias, tanto a que dá acesso ao casarão projetado pelo arquiteto italiano Mario Vodrel quanto a que fica em frente e dá acesso ao jardim da casa.

8) Namorar no jardim

Do jardim dá para ver o Corcovado e o Cristo Redentor. Banquinhos são os lugares ideais para passar bons momentos românticos no Parque Lage, em meio à natureza e ao clima tranquilo do lugar.

9) Fazer um piquenique

A calma e o clima agradável do Parque Lage é ideal para um piquenique em família.

10) Visitar o Castelinho

Os mais aventureiros podem explorar mais o parque e chegar ao Castelinho. Chega-se a ele por um caminho que exige um pouco mais de esforço do visitante, mas vale à pena. Da torre do Castelinho é possível ter uma vista panorâmica do Parque Lage e com mais esforço até a Rua Jardim Botânico.

Horário de visitação:

Diariamente, das 7 às 18h.




domingo, 19 de setembro de 2010





































terça-feira, 25 de maio de 2010


quinta-feira, 20 de maio de 2010

4 New Ways To Wear A Scarf











domingo, 16 de maio de 2010

last night - nuth














































stephan doitschinoff
















sábado, 15 de maio de 2010
















quarta-feira, 5 de maio de 2010

What They Wore - MET GALA


terça-feira, 4 de maio de 2010

flor mania!!!

























































































































fofurinhas!